(Menos de) 24 horas: Uma análise dos confrontos da Champions League (Parte VI)

Um pouco atrasados, mas chegamos à breve análise dos jogos desta quarta (10/04) da Champions League.


AJAX X JUVENTUS (QUARTA, 10/04, AMSTERDAM ARENA)

Temos aqui um confronto surpresa. Poderia ser a chance de Cristiano Ronaldo enfrentar seu ex-clube, não fosse a goleada que o jovem elenco do Ajax aplicou para cima do Real Madrid em pleno Bernabéu. Os holandeses seguem embalados após ótimas exibições na competição e vitórias importantes em seu campeonato nacional, onde bateram o rival PSV com um homem a menos. Com uma geração de jogadores excelentes, liderados pelo zagueiro Matthijs de Ligt, o Ajax tentará novamente surpreender os prognósticos e passar de fase. Em ótima fase, vale também destacar o desempenho dos atletas Dusan Tadic, Frankie de Jong e do brasileiro David Neres.

Ajax e Juve fizeram a final de 96-97 da Champions League

A Juventus conta com um retorno pesadíssimo para o jogo de hoje: o craque Cristiano Ronaldo. Em recuperação justamente para o certame desta tarde, o gajo concentrou seus esforços e conseguiu voltar no prazo estipulado. Infelizmente o comandante da zaga Giorgio Chiellini é um desfalque a ser sentido, mas nada que tire o favoritismo da equipe italiana. Folgada em seu campeonato nacional, a Juve foca totalmente suas atenções na possibilidade do seu bicampeonato europeu, 23 anos depois de ter sido campeã, justamente em cima do adversário de hoje. Além de Cristiano, Pjanic e Bernardeschi são dignos de atenção.

O confronto aconteceu em 12 oportunidades, com 6 vitórias da Juve, 4 empate e 2 vitórias do Ajax.

PALPITE: Mesmo após eliminar o Real Madrid, o Ajax ainda é o azarão da história. Acredito na classificação da Juventus, ainda que no sufoco.


MANCHESTER UNITED X BARCELONA (QUARTA, 10/04, OLD TRAFFORD)

Talvez seja o duelo mais esperado desta fase. Após operar um verdadeiro milagre no Parq des Prince, desclassificando o PSG nos minutos finais, o United vem forte para o confronto, comandado pelo efetivado Solskjaer. Sem a vaga garantida na próxima edição da competição, a equipe inglesa tem como foco o título, ainda que não sejam os favoritos. Com a volta de Paul Pogba, principal jogador da equipe, os Red Devils tentarão fazer frente ao frágil Barcelona, em um duelo de gigantes da competição.

Gol antológico de Messi na final da UCL 08/09

Do lado espanhol, ainda que tenha o título nacional encaminhado e conte com uma fase artilheira de Messi, o Barcelona ainda aponta problemas defensivos. Sem grandes desafios na temporada fora os clássicos contra o rival Real Madrid, o time apresentou momentos de oscilação durante os últimos meses, e dependem mais do que nunca de seu astro para que consigam o triplete novamente. Contra um adversário que também gosta da posse - embora não tenha mostrado isso contra o PSG - será um desafio interessante para os blaugranas se provarem. Com Ousmane Dembelé no banco de reservas e Coutinho titular, o time catalão terá boas opções de velocidade pelos lados. Também vale a pena ressaltar a presença do brasileiro Malcom, que tem entrado bem nos últimos jogos na segunda etapa.

PALPITE: É um confronto difícil onde ambas equipes tem chances iguais de passar, o que dará mais peso as atuações de Pogba e Messi. Porém, mesmo em fase questionável, o Barcelona deve avançar na competição.

Postar um comentário